Neste blog você encontrará fragmentos de textos, poemas, músicas, imagens, dicas de leitura, enfim, coisas relacionadas à literatura, à arte e à nossa lingua e cultura.

Seja bem-vindo!!

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Uma das lendas sobre o café


Lenda

Existe uma lenda que fala sobre um fanático religioso expulso de Moca que se refugiou nas montanhas da Arábia. Ele provou alguns frutos estranhos que cresciam num arbusto. Como eram amargos, ele tentou melhorar o sabor tostando-os sobre o fogo. Isso os tornou quebradiços, e ele tentou amolecê-los na água, e quando a água na qual os grãos estavam imersos se tornou marrom, este Sr. Omar (pois este era o seu nome) bebeu e descobriu como aquilo era bom e revigorante. Isso foi lá pelos idos do século treze.

Café brasileiro

O café chegou ao Brasil no século XVIII, envolto em lendas e romance. A fruta, que já era plantada na Guiana Francesa, estava proibida aos portugueses. O sargento-mór Francisco de Melo Palheta foi designado para trazê-la e, conta-se, só teria conseguido porque a esposa do governador da Guiana, apaixonada por Palheta, o teria presenteado com sementes do "ouro negro". Não se pode ter certeza sobre a paixão da primeira-dama, mas seu papel foi fundamental no contrabando das sementes proibidas.

Um comentário:

  1. Eu não sabia sobre a lenda do café, gostei das informações.
    Deu vontade de tomar um cafezinho, depois continuo a conversa, até mais.

    ResponderExcluir