Neste blog você encontrará fragmentos de textos, poemas, músicas, imagens, dicas de leitura, enfim, coisas relacionadas à literatura, à arte e à nossa lingua e cultura.

Seja bem-vindo!!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

A história do menino que descobriu a dor muito cedo...



Na obra juvenil mais conhecida de José Mauro, a pobreza, a solidão e o desajuste social vistos pelos olhos ingênuos de uma criança de seis anos. Nascido em uma família pobre e numerosa, Zezé é um menino especial, que envolve o leitor ao revelar seus sonhos e desejos, por meio de conversas com o seu pé de laranja lima, encontrando na fantasia a alegria de viver.


É um livro comovente e encantador. Toca nosso coração de uma maneira inesplicável, só tendo a experiência dessa leitura para poder entender... É o verdadeiro significado da palavra "ternura"...


Algumas frases que marcam essa narrativa:


" A gente mata com o coração, vai deixando de querer o bem e aos pouquinhos a pessoa morreu."


"A verdade, meu Portuga, é que a mim contaram as coisas muito cedo..."


"Quando estou perto de vc, sinto um sol de felicidade dentro do meu coração"
"De pedaço em pedaço é que se faz ternura"

"Prometo que fico bonzinho, que não brigo mais, que não falo mais palavrão, nem bunda mais eu digo...Mas eu quero ficar sempre junto de você."





Um comentário:

  1. Foi o primeiro livro que li na minha infância. Não vi o filme nem a novela talvez por isso a história do Zezé é ficou mais bonita na minha imaginação.

    André Saut

    ResponderExcluir